Samba Concorrente nº 2 – Luciano Fogaça e Cia

COMPOSITORES: Luciano Fogaça, Cecília Cruz e Bruno Cezzá
Intérprete: Ciganerey

 

Reina no céu o bem do Mundo
Tupana, teus raios hão de iluminar
Na escuridão de Yurupari
O mal tentando prosperar
Nusokén tuas sábias pedras nos revelam
Nas plantas a cura, rodeada de ambição
Anhyã Muasawê, Encantada sob sua proteção
Árvore sagrada, fruto proibido
Menino doce vem brincar

Sob os olhos de Yucumã, Ukumã’wató, Anhyã chorou
Sob os olhos de Yucumã, Ukumã’wató, Anhyã chorou

Um grito se ouve
Cai a noite invade o luar
Se a morte a vida convida
A serpente vem anunciar
Tupana ê, Tupana
Às margens do Rio Maraw
Um choro de mãe, do céu se ouvirá!
Karaxué, vem com seu canto a vida recriar
Rega, oh mãe, com teus olhos
Do fruto da vida floresce um Maué
Enquanto o sol brilhar um povo reexistirá

Hoje a Jurema é sagrada
Dia de festa na mata, dos filhos de Waranã
Pele vermelha não tem medo de Tucandeira
Sou filho da força que vem de Monã

Sou Pura Cadência
A Reexistência dos meus ancestrais
Eu moro no alto, pertinho do céu.
Meu nome é Tijuca, eu sou do Borel

Menu